Stresa

Stresa é uma cidade de 3 mil habitantes na beira do Lago Maggiore, na Itália. Essa região é bastante conhecida porque é linda!! Imagina só: o lago com os Alpes em volta, essas cidadezinhas bem bonitinhas, comida italiana deliciosa, italianos simpáticos, passeios legais… O resultado é uma viagem maravilhosa!

img_3635

Eu fui de carro da Suíça, então a viagem já começou linda porque passamos a maior parte do tempo na estrada admirando os Alpes Suícos, mas é possível ir de trem também, tem que ver o que vale mais à pena do lugar que você estiver. A estadia lá é um pouco carinha, tem muitos hotéis luxuosíssimos, super bonitos, mas eu fiquei em um hotel bem simples, que custou €75,00 a diária com café da manhã, chama La Locanda. Stresa foi lar da família Borromeo, uma das mais poderosas da Itália, durante muito anos, e por isso tem essas construções magníficas.

Fui para Stresa a convite de alguns conhecidos, então na verdade eu fiz o que eles me levaram para fazer, comi onde eles recomendaram e tal, e foi ótimo, porque os locais sempre conhecem os melhores lugares!

Nós tinhamos um ticket de barco com direito a ir nas 3 Ilhas Borromeo, que são bem próximas então o trajeto é rapidinho. Nós ganhamos esse passeio dos nossos amigos, então eu não sei o quanto custou, mas você pode pedir um orçamento neste site, acredito que seja baratinho, e você pega o barco do lado do centro da cidade. Também é preciso comprar um ticket (€21,00) para visitar duas das ilhas, compra-se nas próprias ilhas. Começamos pela Isola Madre, que foi transformada em um parque com inúmeras espécies de plantas do mundo inteiro, é muito bonito, e muitas espécies de animais também que ficam soltos por lá, você provavelmente vai conseguir ver alguns pavões e outras aves lindas! Além do parque, tem um casarão da família e uma capela, é uma visita bem legal!

Em seguida fomos à Isola dei Pescatori que, ao contrário das outras duas ilhas, não recebeu grandes construções e nem mudanças, tem famílias de pescadores que moram lá ainda hoje! A ilha é cheia de restaurantes, cafés, lojinhas e ruas super charmosas, e o ideal é almoçar por lá!

Depois do almoço fomos para a Isola Bella, que é belíssima mesmo! Lá fica o Palazzo Borromeo, e você consegue visitar grande parte dele, é lindo! Tem algumas salas que se parecem com o museu do Vaticano, tamanha a riqueza da família! Ainda hoje a família Borromeo visita Stresa, e ficam hospedados nesse palácio, mas não se preocupe, a visita permanece aberta. Saindo do palácio você chega no jardim, enorme, super bem cuidado com aqueles arbustos esculpidos, estátuas, e um pedaço do jardim é em forma de pirâmide que dá acesso a um terraço com vista para Stresa, é muito bonito!!

Depois de pegar o barco de volta a Stresa fomos ver o pôr do sol do Sky Bar, que fica no topo do Hotel La Palma. A entrada é gratuita, e as bebidas não são tão caras, vale subir lá nem que seja para admirar o local um pouquinho, mesmo sem consumir nada. Como tinhamos um jantar na casa desse pessoal, fomos ao hotel para nos arrumar e a nossa turistagem do dia acabou por aí!

img_3699

No dia seguinte apenas caminhamos pela cidade de Stresa, que é bem pequenininha mas é uma graça!!! Tem várias lojas de cerâmica, de roupas (principalmente cachecóis, lenços, ponchos, chapéus), de sabonete e de comida italiana (massas e risotos).

Almoçamos no Restaurante Centrale, na Piazza L. Cadorna (a praça principal), por indicação do pessoal de lá e foi ótimo, super gostoso e barato! Pedimos uma entrada, duas massas e duas bebidas e gastamos €28,00. Recomendo muito também, ali pertinho, a Pasticceria Bar Jolly, para um atendimento de primeira, cafézinho gostoso, um cappuccino super cremoso e docinhos deliciosos!! Lá eles vendem a Margheritine di Stresa, um bicoitinho amanteigado em forma de margarida, típico de lá!

Por falta de tempo, porque a nossa viagem de volta era bem longa, fomos embora logo depois do almoço, mas tem mais dois pontos que são super famosos para ir a partir de Stresa. Pegue o teleférico para subir o Monte Mottarone para ter uma vista lindíssima da região, e você pode descer na parada no meio do caminho para visitar os Jardins Botânicos de Alpinia. Essa região toda do Lago Maggiore merece mais dias de visitas, tem várias cidades na beira do lago todo mas, se quiser, Stresa pode ser o seu ponto de partida!

Boa viagem!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s